25 fevereiro 2014

#Resenha: Opúsculo: A paródia - The Harvard Lampoon


Sinopse: Escrito pelo grupo “The Harvard Lampoon”, responsáveis por outras sátiras a sagas famosas como “O Senhor dos Anéis”, o livro “Opúsculo – a Paródia” (”Nightlight” no original) conta a história de amor de Belle Goose e o misterioso e brilhante Edwart Mullen.
A desajeitada garota obcecada por vampiros chega à cidade de Switchblade e observa estranhos acontecimentos. Um geek com nenhum interesse por garotas deixa seu almoço no prato e a salva de uma bola de neve ocasionando a revelação: Edwart só pode ser um vampiro.
Imitando a quarta capa do primeiro romance de Stephenie Meyer, a obra do grupo de Harvard é apresentado da seguinte forma:
“Sobre três coisas eu estava absolutamente certa.
Primeira, Edwart talvez fosse, muito provavelmente, minha alma gêmea.
Segunda, existia uma parte do vampiro dentro dele – que eu presumia que estivesse completamente fora de seu controle – que queria me ver morta.
E terceira, eu incondicionalmente, irrevogavelmente, impenetravelmente, heterogeneamente e ginecologicamente desejava que ele tivesse me beijado.”




Autor: The Harvard Lampoon, Revista
Editora: Novo Século
Páginas: 142
Tipo: Livro


Minha Opinião:

  Pela capa da obra já é possível perceber do que se trata. Essa maravilhosa sátira da famosa saga Crepúsculo escrita por Sthepanie Mayer, é de fazer o leitor divertir-se.

  Baseado no primeiro livro da serie original, Opusculo retrata toda a trajetória de nossa Belle e seu triangulo amoroso. De formas inusitadas o autor contorce toda a historia tornando-a engraçada mas sem perder a identidade, mesmo para quem nunca leu ou assistiu Crépúsculo fica fácil distinguir cada personagem e descrever seu papel.

  Logo no primeiro capítulo é possível notar a extravagancia nas palavras do narrador e identificar coisas incomuns, quem é a filha que ganha um caminhão-baú do pai ao invez de um carro? O abuso de figuras de linguagem como hipérbole, metáforas e pleonasmo trazem a alegria ao conto.

  Apesar de não gostar de comédias, Opúsculo foi uma brincadeira divertida, uma suave paródia que tem mais efeito para aqueles que já leram e conhecem a saga Crepúsculo. Digo “leram” porque aqueles que só assistiram o filme não sabem o que estão realmente perdendo.

  Não há muito o que se falar sobre o livro já que, uma sátira é uma sátira e baseada numa obra tão especial já imaginamos onde a graça estará. Entretanto, a Belle tem uma forma peculiar de esclarecer a s coisas ao leitor, a experiência dos cinco segundos realmente me fez rir.
                              
                  

  Contudo, apenas a leitura pode nos revelar sinceras opiniões sobre a obra, como já falei, não sou fã de sátiras, comédias teatrais, programas para “divertir” a família, então minha opinião pouco deve pesar para as pessoas que realmente choram de rir assistindo programas depois das 22h. Enfim, recomendo o livro para quem quiser uma experiência diferente e principalmente para fãs da saga Crepúsculo.


Beijos, Milla Almeidaa

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi Paula, os comentários com o e-mail para participar são no poste da promoção. Beijos.

      Excluir