29 abril 2014

Resenha: Morte Súbita, J. K. Rowling

Sinopse: Quando Barry FairBrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em estado de choque.

A aparência idílica do vilarejo, com uma praça de paralelepípedos e uma antiga abadia, esconde uma guerra.

Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com os maridos, professores em guerra com os alunos… Pagford não é o que parece ser à primeira vista.

A vaga deixada por Barry no conselho da paróquia logo se torna o catalisador para a maior guerra já vivida pelo vilarejo. Quem triunfará em uma eleição repleta de paixão, ambivalência e revelações inesperadas? Com muito humor negro, instigante e constantemente surpreendente, Morte Súbita é o primeiro livro para adultos de J.K. Rowling, autora de mais de 450 milhões de exemplares vendidos.

26 abril 2014

Top 10: Filmes que jamais esquecerei

 Me conheço bem o suficiente para estranhar um, fato bem inusitado: Nesta lista não tem nenhum filme de terror. Isso aconteceu por dois motivos distintos 1. por que eu pretendo fazer uma lista só com eles e 2. por que estes filmes estão mais relacionado ao efeito emocional que causaram em mim.

1. Edward, Mãos de Tesoura.


2. Matilda


3. Zathura


4. Como se Fosse a Primeira Vez


5. Ponte para Terabítia


6. Harry Potter e a Pedra Filosofal


7. V de Vingança


8. Sete Vidas


9. Karate Kid (ambas versões)



10. Petter Pan



Beijos, Milla Almeida.

25 abril 2014

Notas de Rodapé | Confissões


Tenho me sentido muito limitada. É como se não houvesse muitas opções a serem escolhidas. Imagino a vida de pé a minha frente com os braços cruzados dizendo: Ou é isso ou não é nada! O que mais incomoda é saber que não é a vida que está fazendo isso comigo, fui eu mesma. Minhas escolhas.

 Nunca fui nerd nem patricinha e nunca fui a C.D.F. da sala mas, também não cheguei a ser a loser ou palhaça da turma. Minha primeira decepção amorosa foi quando descobrir que todas as meninas da sala gostavam do mesmo garoto que eu... para minha sorte ninguém sabia disso além de mim mesma. Ás vezes eu tenho olhar para trás e descobrir quem eu fui: A menina feia da sala? A melhor amiga de uma garota que ninguém conhecia? A neta mimada que via os pais uma vez na semana? A garota por quem nenhum garoto jamais se apaixonaria? Acho que todas elas.

 Todo mundo sempre diz que não se importa com o que as pessoas pensam mas é mentira, claro que você, eu ou aquela colega arrogante que você conhece se importa com o que as pessoas pensam ou falam o diferencial é como você vai se comportar diante disso. Nisso, tive uma deficiência nutritiva muito grande no quesito auto-confiança e buscava uma "cura" da maneira errada: Admirava pessoas que não tinham nada haver comigo, tentava mudar quem eu era para me encaixar no que as pessoas queriam que eu fosse e buscava amizade de pessoas com quem normalmente não conversaria e não teriam nada a me oferecer. O resultado foi iminente, tive grandes decepções e acabei com uma baita depressão numa fase muito jovem da minha vida, eu ainda ia fazer 14 anos quando os primeiros sintomas apareceram.

 As coisas não foram fáceis e nem começaram a ser, meu emocional sempre foi meu ponto fraco e embora muitas vezes conseguisse sufocar até que eu estivesse sozinha acabava em um ataque do pânico que aos poucos foram ficando cada vez mais comuns e visíveis com os "tics" nervosos.

 Não posso dizer que adquirir minha total outo-confiança com o passar dos anos mas em uma dessas tentativas surgiu a ideia da tatuagem. Eu sempre fui do tipo de pessoa que dizia "Acho bonito nos outros mas, não em mim" e quando minha psicologa me convenceu de que eu precisava de algo que me desse confiança logo pensei numa tatoo.


 TODAS AS PESSOAS que vêem minha tatoo e perguntam o significado ficam bastante atônitas com a resposta. Soy la chica de tus sueños parece ofender, afrontar ou despertar os mais diferentes e peculiares sentimentos nas pessoas e quando me perguntam o porquê me limito apenas a dizer que foi para o meu marido ou ideia dele, quando na verdade foi inteiramente para mim.

 Eu queria que sempre que me olhasse no espelho lembrasse que eu SOU SIM a garota dos meus sonhos, aquela que eu admiro e quero ser. É exatamente uma forma de lembrar a mim mesma que eu sou perfeita da forma que sou e que não preciso mudar para agradar ninguém.  Explosiva impaciente, volúvel, confusa e muitas vezes ingênua e temperamental, essa sou eu e eu me aceito assim!


 A verdade é que eu não sei exatamente quem eu sou ou o que fui mas, descobrir quem eu quero ser e eu quero ser aquela garota que não se arrepende do que faz, aprende com os erros e é grata a cada dia.

24 abril 2014

Resenha/Comentários | Belo Desastre, Jamie McGuire

 

Sinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

22 abril 2014

Notas de Rodapé | Só pensamentos...

O propósito do blog nunca foi fama, sempre foi encontrar pessoas que com os mesmos interesses que os meus, quem sabe algumas mesmas opiniões, fazer amigos e encontrar pessoas que realmente de significado a palavra amizade.

 De um tempo para cá fui criando admiração por pessoas que assim como eu, escreviam o que pensavam e acabavam muitas vezes se realizando profissionalmente e em seu pessoal com o que faziam. Neste fim de semana aconteceu algo que me deixou tão orgulhosa e feliz quanto triste. Percebi que a pessoa que mais me admira estava mais próxima de mim do que eu pensava e que nela eu poderia encontrar uma boa parte do que procurava.

 Percebi também que criei o blog para ser o MEU DIÁRIO DE RECORDAÇÕES, para lembrar do que eu li nestas datas, a forma como sinto e vejo as coisas, quantas coisas comprei e amei durante o tempo, para nunca esquecer do que eu realmente gosto, quem realmente sou e mais ainda, para finalmente poder escrever com liberdade os poemas que tenho guardado desde que eu tinha 13 anos. E é justamente essa liberdade tardia que tenho procurado: A liberdade de escolher.

 Então vou resenhar todos e quantos livros poder, fotografar, recordar filmes e séries escrever o que diz meu monólogo interior. Não sei em que momento me dispersei ao ponto de ignorar que o Livros Por Um Beijo não está só livre ao público mas é especial e principalmente para MIM.

Resenha | Seis Coisas Impossíveis, Fiona Wood

Seis Coisas Impossíveis
Sinopse: Dan Cereill levou um encontrão da vida: seu pai faliu, assumiu que é gay e separou-se de sua mãe, tudo de uma vez só. Enquanto isso, sua mãe recebeu de herança uma casa tombada pelo patrimônio histórico que cheira a xixi de cachorro, mas que não pode ser reformada... E, agora, Dan está vivendo em uma casa-relíquia que parece um chiqueiro, com uma mãe supertriste e sem conseguir falar com o pai — que ele ama muito. Suas únicas distrações são sua vizinha perfeita, Estelle, e uma lista de coisas impossíveis de fazer, como: 1. Beijar a garota. 2. Arrumar um emprego. 3. Dar uma animada na mãe. 4. Tentar não ser um nerd completo. 5. Falar com o pai quando ele liga. 6. Descobrir como ser bom e não sair abandonando os outros por aí... Mas impossível mesmo será: 1. Não torcer para que Dan supere seus problemas. 2. Não rir muito com os devaneios dele. 3. Não querer ter um cachorrinho como Howard. 4. Não desejar que a mãe de Dan encontre a felicidade. 5. Parar de ler este livro. 6. Não querer abraçar o livro depois de tê-lo terminado...
Autor: Fiona Wood
Editora: Novo Conceito
Páginas: 272
Tipo: Livro

19 abril 2014

Notas de Rodapé | Teimoso

Eu tenho um coração
Como qualquer pessoa tem
só que o meu é diferente...
Ele não obedece ninguém.

Sabe aquele coração teimoso e aventureiro?
Este é o meu coração.
Aquele que nunca tem medo.
Ha... Teimoso coração que nunca é obediente
arrisca tudo numa emoção
por quê se apaixona facilmente.

Fica quieto coração
vê se para de teimar!
Talvez assim pare de sofrer por tanto amar.
Por isto faço esta oração
para auxilio procurar:

Pai do céu,
venho por meio desta oração
pedir que poupe-me da solidão
da angustia e ambição

Ouça o meu pedido,
Clamo por temor
sempre que procurar por te
atenda-me, por favor.
Perdoa-me do que deixei acontecer
foram escolhas erradas, hoje posso ver
eu juro, foi sem querer.

Pai do céu,
congela o tempo, por favor
cessa este período de dor
deixa-me ver o seu poder.
Sou pequena, sou criança... É verdade.
13 anos tenho de esperança
e não é pouco em minha lembrança
tenho medo do futuro e me escondo do passado
mas, ainda tenho desejos a serem realizados.

Senhor,
Diga a vida por favor
que me livre das trapaças, da amargura de um amor.
Não permita que dos meus olhos
se desdobre uma lágrima sequer
por quê não estou pronta para  o que der e vier.

Ainda desejo sonhar
desejo viver,
desejo crescer,
e só te peço uma coisa:
Não deixe que meus olhos vejam alguém sofrer.

Milla Almeida.

17 abril 2014

Look da Semana | Blue Collor

Hi!!!! Este look eu amei simplesmente por ser azul. EU AMO AZUL. Embora tenha descoberto recentemente uma paixão subliminar pela cor laranja. Então vamos lá: Vestidinho básico branco sem alças, casaquinho listrado em tons de azul e verde e este tênis bico fino que vocês já conhecem.




 Você pode usar este look para ambientes casuais, passeios com amigos, etc. Não recomendado para quem deseja algo mais sensual, a combinação deixa mais com cara de menininha do que de mulherão.

 O que acharam? Não esqueçam de comentar.

 Beijos, Milla Almeida.

15 abril 2014

Resenha: O Começo de Tudo, Robyn Schneider

O Começo de Tudo

 Sinopse: O garoto de ouro Ezra Faulkner acredita que todo mundo tem uma tragédia esperando ali na esquina – um encontro fatal depois do qual tudo o que realmente importa vai acontecer. Sua tragédia particular esperou até que ele estivesse preparado para perder tudo de uma vez: em uma noite espetacular, um motorista imprudente acabou com a perna de Ezra, com sua carreira no esporte e com sua vida social.
Depois que perdeu o favoritismo ao posto de rei do baile, Ezra agora almoça na mesa dos losers, onde conhece Cassidy Thorpe. Cassidy é diferente de qualquer pessoa que Ezra tenha encontrado antes – melancólica e com uma inteligência mordaz.
Juntos, Ezra e Cassidy descobrem flash mobs, tesouros enterrados e um poodle que talvez seja a reencarnação do Grande Gatsby. À medida que Ezra mergulha nos novos estudos, nas novas amizades e no novo amor, aprende que algumas pessoas, assim como os livros, são difíceis de interpretar. Agora, ele precisa considerar: se uma tragédia já o atingiu, o que poderá acontecer se houver mais infortúnios?
O Começo de Tudo é um livro poético, inteligente e de cortar o coração sobre a dificuldade de ser o que as pessoas esperam, e sobre começos que podem nascer de finais trágicos.


 Salve galera!! Como vocês já sabem, fui convidada a ser colunista do blog "Vícios em páginas". Esta é a minha resenha postada  originalmente por mim lá no blog. Vamos conferir?

12 abril 2014

Resenha | Destrua Este Diário, Keri Smith


Sinopse: ‘Wreck This Journal’ é um livro ilustrado que contém uma perturbadora coleção de tarefas que pedem aos leitores que juntem suas melhores habilidades em erros e bagunças para completar as páginas do livro (ou destruí-las). Através de uma série de criativas e ilustradas tarefas, Keri Smith quer encorajar seus leitores em atos “destrutivos” – deixando buracos em páginas, adicionando fotos e estragando-as, manchando páginas com café, pintando fora das linhas e mais – com o objetivo de experimentar o verdadeiro processo criativo. Através da sensibilidade de Keri, leitores são introduzidos a uma nova maneira de fazer arte, descobrindo maneiras de escapar do medo de páginas em branco e entrando completamente no processo criativo.

10 abril 2014

Resultado Promoção LPUB


Tag | Livros Opostos

Essa Tag é bem simples: Encontre o livro que se pede e logo após um que corresponda ao oposto.

1. Primeiro livro da sua coleção / Último comprado

 O primeiro livro da minha coleção eu não tenho mais comigo, depois da trágica perda da minha antiga coleção só me restaram lembranças, enfim, voltando a fazer a coleção meu primeiro livro foi A Menina que Roubava Livros e o ultimo - até agora - comprado foi A Maldição, Stephen King.



2. Um que você pagou barato / Um que pagou caro

08 abril 2014

Resenha | A Maldição do Cigano, Stephen King


Sinopse: Um advogado gordo mata por atropelamento uma senhora que casualmente é filha do patriarca de um clã de ciganos. A vingança do velho se resume em uma maldição: Billy Halleck emagrecerá a cada dia, por mais que coma, até se transformar em nada mais que um feixe de ossos.

07 abril 2014

Lidos Em | Março/2014


 FICÇÃO BIOGRÁFICA MOSTRA A VIDA DE KARDEC E A GÊNESE DO ESPIRITISMOCom prefácio de Marcel Souto Maior, autor do livro “As vidas de Chico Xavier”, da editora LeYa Brasil, Kardec é uma ficção histórica em quadrinhos. A obra transporta o leitor para a França do século XIX, onde as ideias metafísicas borbulhavam, e acompanha Hippolyte Léon Denizard Rivail durante sua busca por respostas sobre a existência humana. O livro acompanha a investigação de Rival, então pedagogo e estudioso do eletromagnetismo, dos fenômenos sobrenaturais, vividos nas reuniões de “mesas girantes”, em que objetos inexplicavelmente se moviam até tornar-se Allan Kardec, o codificador do espiritismo, psicógrafo e principal divulgador da doutrina do espiritismo. Conheça onde tudo começou. 






04 abril 2014

Minha Caixa de Correio | Março 2014

 Estava pensado comigo mesma: Se ela está a falar de "comprinhas" porque não falar de TUDO que comprou/recebeu - roupas, sapatos, make, livros? Sim, sim, quando penso em mim sempre penso em terceira pessoa porque o ser onisciente sobre mim que vive na minha cabeça acha melhor assim e como ela mesma disse: Porque não???

 Então este #Comprinhas deste mês vai falar de TUDO. Em minha defesa - antes que vocês vejam o quanto comprei - eu só compro muito quando estou solitária e só compro o que realmente estou precisando - ou desejando ardentemente - e vou ponderando fato a fato.

 Falando de livros, recebi estes dois do blog VP, que como vocês já sabem além de parceiro daqui do blog também sou resenhista lá com um grupo de garotas maravilhosas e de dar inveja!!


Também comprei dois livros infantis que estava louca além de apreciar bastante a criatividade e me divertir com as imagens. Na mini feira que esteve no shopping no mês passado comprei também alguns livros.





E mais...

Me decepcionei bastante com este livro O Príncipe, achei que fosse uma coisa e era outra!! 


 Comprei também algumas coisinhas das quais estava precisando, o que inclui um biquini já que estava sem nenhum mesmo e umas pecinhas de roupa.






Foi só! rs. Beijoos ♥