24 abril 2014

Resenha/Comentários | Belo Desastre, Jamie McGuire

 

Sinopse: Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.





Autor: Jamie McGuire
Editora: Verus
Páginas: 392
Tipo: Livro

Comentário


Apesar de está amando a leitura tive que parar.

 Talvez muitas pessoas não entendam o real motivo ou achem até loucura mas, parei a leitura por ser moralmente incorreto eu conclui-la. Como todos sabem hoje, eu tenho uma religião e de muitos convênios que fazemos um deles é sobre castidade e fidelidade. Lá não existe proibições extravagantes apenas princípios dados e compromissos que aceitamos dada a responsabilidade individual de cada um.

 Diferente do que muitos pensam, aceitar um convênio com Deus sobre a castidade não está relacionado apenas a abstinência sexual até o casamento mas, também a abstinência total de tudo que possa lhe levar a pensamentos desrespeitoso logo, mesmo sendo eu casada é desrespeitoso para com o meu esposo eu ler - e pensar em Trevis "Cachorro Louco" Maddox - coisas intensas demais.

 Eu gostei bastante do enredo e dos personagens confesso que o Travis é a mistura perfeita do badboy e garoto prodígio que as garotas amam mas, dando quela velha e conhecida espiada nas páginas a frente para ver o que me aguardava me deparei com a cena no dia de Ação de Graças, acredito que a Abby esteja na casa do pai de Travis e eles tem uma combustão de excitação muito intensa onde a Abby descreve com tantos detalhes e empolgação que é impossível não se entregar também.Enfim, parei a leitura antes que não conseguisse mais parar.

 Sim, eu estou bastante frustrada porque eu realmente queria ler o livro e tinha altas expectativas. Acho que me senti verdadeiramente limitada. Entretanto, pretendo comprar a continuação do livro e ao menos tê-lo em minha estante. Sei o bastante para está feliz e não arrependida por ter comprado mas, não o suficiente para está satisfeita.

 Me apaixonei pelo Travis e me identifiquei bastante com a Abby e sua teimosia característica mas, alguns princípios antecedem qualquer desejo e pude constatar que entender ou aceitar as coisas não diminuem o peso do fardo ou da responsabilidade que assumimos muito menos afastam sentimentos de semelhantes a frustração ou tristeza. Ahh, tem um pequeno erro na sinopse: A Abby - prudentemente -entorna todas sim.

 Enfim, Espiada aqui e acolá fiquei feliz com a finalização da história e o destino dos personagens, não vou indicar o livro por causa destes mesmos princípios.

 Beijos, Milla Almeida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário