29 outubro 2014

O Grito Vermelho, Bruno Godoi

Sinopse: Um crime: doze corpos encontrados em uma região mística do norte da Mongólia. Um agente especial francês em luta contra seus mais íntimos inimigos: “os próprios pesadelos”. Um padre exorcista do Vaticano. Um assassino letal e misterioso que cruza o caminho das investigações do governo francês e do Vaticano, pondo em risco a segurança dos agentes e dos padres. Segredos são aos poucos apresentados e revelam as angústias e os pecados impressos nos homens. O Grito Vermelho: o lamento silencioso da alma…
Autor: Bruno Godoi
Editora: Novo Seculo
Paginas: 319
Tipo: Livro
Este livro foi adicionado a #MaratonaLiteráriaDoMêsDoHorror2014


Estamos na década de 60 na Mongólia onde doze corpos foram encontrados com seus crânios estourados de dentro para fora. O policial Louis Simon foi chamado para solucionar o mistério que ronda esse lúgubre cenário mais sempre que se aproxima de alguma resposta racional a tudo, ele e sua equipe são desviados por algo supernatural.

Chegando a França, seu país de origem, sem qualquer solução sensata, Simon ira receber o apoio do Vaticano. A certeza de que ha algo fora do comum é tão solida que o policial agora estará acompanhado do padre Antoni Kazarras, especialista em exorcismos para que juntos sigam as pistas.

Seguindo cuidadosamente os rastros que os trarão ao Brasil Simon e Kazarras irão nos guiar dentre os mais sinistros e supernaturais suspenses que já conheceram.

O livros tem uma diagramação sedutora com ilustrações que mantem o nosso imaginário sempre ativo. O autor tem uma escrita deliciosa tornando impossível deixar a leitura antes do fim. Eu iniciei a leitura assim que o carteiro a entregou na minha casa durante a tarde e ao fim do dia já havia concluído e estava completamente saciada e satisfeita. Interagimos com personagens que vivem dramas reais em seu mundo fictício. Heróis que lidam com seus próprios demônios antes de vestirem a roupa e sairem na luta contra o mal.

Este é o primeiro livro da trilogia A Sinfonia Da Morte e em uma nota o autor menciona que a estrutura dos capítulos foi desenvolvida como homenagem a composição número 125 de Beethoven o que nos da uma clara ideia do que esperar nos próximos livros da trilogia - eu particularmente espero encontrar algo com base nas sinfonias de Frederick Choppin.

Li e recomendo.



Beijos, Milla Almeida.




2 comentários:

  1. Oi Milla!
    Não conhecia esse livro e mesmo o tema horror não sendo o meu preferido para leitura, a premissa do livro me chamou a atenção.
    Vou colocá-lo na minha lista de futuras leituras.

    Beijos!
    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai gostar muito Jessica.
      Beijos.

      Excluir