24 outubro 2014

Olho Por Olho, Jenny Han e Siobhan Vivian

Sinopse: Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena… Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho… No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos. Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas. Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!
Autor: Olho Por Olho, Jenny Han e Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Páginas:
Tipo: Livro



 Mary, Kat e Lillia são três garotas ligadas por um único objetivo: Vingança. Cada uma delas tem um motivo especial para vingarem-se de alguns dos seus amigos mas, o que liga cada uma delas é que todas desejam se vingar de uma mesma pessoa. É nesse cenário contemporâneo juvenil e paradisíaco - já que elas moram numa ilha fantástica - que essas três garotas, agora amigas  vão unir suas mágoas para uma doce e infantil vingança.

 Apesar de eu ter lido todo o livro algo me incomodou bastante, a leitura foi essencialmente insípida, nada me atraiu tanta atenção ou acrescentou ou despertou qualquer sentimento. A leitura é muito clara sendo fácil identificar as personagens mesmo sem primeiro serem expostas as características de cada uma, a expressão de cada figura na capa do livro já aponta por si só a personalidade de cada uma delas.

 Algo muito interessante sobre a história é que apesar de ter sido escrita por duas autoras temos a narração de cenários na visão das três personagens, cada capítulo pertencente a uma delas o que nos permite está no período de uma hora (livro) em três ambientes distintos. A vingança em si não é algo tão meticuloso quanto nos faz parecer e para mim toda a junção dos fatos e ligação das personagens aconteceu rápida demais - apesar das personagens já se conhecerem - sem contar que a princípio não há grandes motivos para uma delas estar realmente vinculada a tudo isso.

 Outra grande dificuldade que senti com a leitura é que não consegui imaginar vozes diferentes para cada uma das personagens - o que para nós leitor está diretamente ligado a identificação de cada uma delas -. Apesar do esforço para parecerem diferentes - uma garota rica, uma rebelde sonhadora e uma tímida e sem vida social - suas mentes são muito semelhantes.

 O grande ápice da história é o Homecoming, o grande evento onde todo o plano irá realmente sair do jogo de criança e é neste momento que as autoras permitem que haja uma pequena insinuação a eventos paranormais que podem vir a alterar a perspectiva para a história, o que me pareceu uma pequena referencia a Carrie, A Estranha de Stephen King.

 Apesar da leitura intocável e personagens perturbadoramente simples a estratégia final do livro atingiu minha curiosidade o que me faz desejar ler o próximo livro Dente Por Dente, entretanto, por ter sido uma leitura em que nada se fez de grandioso e necessário não recomendo.

Beijos, Milla Almeida.



4 comentários:

  1. Mary, Kat e Lillia são três garotas com sede de vingança com estilos diferentes "uma garota rica, uma rebelde sonhadora e uma tímida e sem vida social" porem parecidas. Será que essa coisa em comum entre elas "a vingança" não é o motivo delas terem mentes tão semelhantes? você pode me explicar seu ponto de vida quanto a isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianka.
      O fato de elas terem a vingança como algo em comum não justifica ela se parecem tanto. Qualquer grupo de pessoas que tenham em mente o mesmo objetivo irão reagir psicologicamente e emocionalmente diferente. O que quis dizer é que as personagens em muitos momentos parecem ser uma só e não três.

      Espero ter esclarecido.
      Beijos.

      Excluir
  2. Olá, Milla.
    Sua resenha apenas confirmou minhas suspeitas. Nunca tive a pretensão de ler esse livro. E como a lista de leituras só cresce a cada dia, acho que dificilmente lerei depois da sua resenha. Confio na sua análise.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!
      Realmente não o acrescente a lista a não ser que tenha muita, muita, muita, muita, curiosidade e desejo. rs

      Beijos.

      Excluir