10 abril 2015

UZUMAKI


Sinopse: Obra-prima dos quadrinhos de terror, Uzumaki conta a história de uma cidade assombrada - não por um fantasma ou demônio, mas por um padrão geométrico que domina a mente de seus habitantes. 
Autor: Junji Ito



 Kirie Goshima mora em Kurôzu e sua cidade tem sido atormentada por fenômeno incomum, um demônio impiedoso e não tangível que será o causador de muitos eventos sobrenaturais na cidade e seus moradores: Os espirais. Isso mesmo, a cidade será aterrorizada por uma forma geométrica, um inimigo incomum e ameaçador que irá se espalhar como uma doença. Esta "doença dos espirais" não é notada até que o pai de Shuichi, namorado de Kirie revela ter uma estranha obsessão por esta forma geométrica, observa e coleciona.



 Toda essa obsessão já é assustadora o suficiente e com não bastasse ele resolve criar espirais com o próprio corpo e realmente irá fazer isso. Após a sua sinistra morte, a mãe de Shuichi e até ele próprio irão também adquirir essa "paranoia". Kirie estará presente em todos esses acontecimentos e todos os outros que estarão por vir, testemunhará todas as mutações espirais que aconteceram em sua cidade e na população e também não ficará imune a isso.

 Jamais pensei que uma forma geométrica fosse capaz de causar tanto terror e aflição como pude constatar lendo Uzumaki. A história nos comprova que pode haver horror nas coisas mais insignificantes e que não precisamos de um monstro ou maniaco perseguidor para causar transtorno e abalar a linha psíquica emocional de uma pessoa.

 Por ser um mangá, diferente dos livros convencionais, acompanhamos as ilustrações, expressões e cada acontecimento de forma mais precisa. Ler o mangá pela primeira vez lhe causa exaltação e surpresa pelas imagens.

 O que mais me incomodou em toda a história é que por muitos momentos o Shuichi chama a Kirie para sair da cidade, ele explica que é perigoso e a todo tempo - mesmo tendo provas do que está acontecendo - ela nega sair da cidade, até chegar o momento em que isso não é mais um opção.

 A história é viciante e tem três edições, não há como começar a primeira sem querer ler tudo sem pausas. O fim da história - os personagens e a cidade - não foi dos que mais me agradaram mas, sugerem um ciclo vicioso que eu adoraria acompanhar em várias versões.

 Amantes de terror irão amar essa história envolvente e dramática.  Li e recomendo.

 Beijos, Milla Almeida.

PS: Quem tiver interessado em fazer essa leitura eu tenho o mangá em CBR e RAR.

Um comentário:

  1. Fiquei bastante interessado, poderia disponibilizar o download em cbr?

    ResponderExcluir