23 maio 2015

MONTANHA DA LUA

Sinopse: Montanha da Lua - Há séculos uma verdade acompanha cada herdeiro do ducado de Bousquet: A Maldição dos Hallinson’s.
Conta-se que a tragédia os acompanha, levando à morte as esposas em seu primeiro ano de matrimônio. Geração após geração, aprendem sua sina e a regra a seguir para possuir uma união frutífera e longa.
Octávio Hallinson Segundo sofre as consequências de não seguir estes ensinamentos. Viúvo, isolou-se da sociedade, fugindo da responsabilidade de casar-se novamente para providenciar um herdeiro para seu título.
Um homem marcado pela dor.
Mical Baudelaire Nashgan sempre foi uma mulher decidida, enfrentando as ordens de sua tia e negando-se a seguir o protocolo que obrigava mulheres a procurar maridos apenas por posse de títulos e dinheiro e não por amor.
O posicionamento contraditório aos costumes afastou os candidatos, tornando-a uma das únicas solteironas que sua província conheceu. A mais bela dentre elas.
Uma tragédia a coloca frente aos perigos da floresta aos pés da Montanha da Lua e seu futuro torna-se incerto e assustador.
Paginas: 251
Autor: Mari Scotti


Apesar do que pode parecer, Montanha da Lua não é um livro essencialmente místico, a mistura homogênea de um romance de época com uma desenvolvimento acentuado para o público adulto gerou um resultado incrível e inesperado.


A montanha da lua é um local místico onde poucas pessoas daquela sociedade costuma se arriscar, local de maldições e feitiços e nas proximidades desse ambiente conhecemos a Mical uma mulher independente, vigorosa, julgada socialmente por renunciar o casamento sem amor, optando por está solteira mesmo numa idade já considerada avançada para a época. Perseguida por um predador misterioso ela não desconfia o que ha espera.

O nosso segundo personagem central é Octávio, homem rude e corpulento portado de uma maldição que o afasta de tudo que ama, que impede sua felicidade. Esses dois personagens com histórias tão distintas e corações feridos estão destinados há um amor desigual mas, para isso, aprenderão que que nem a solidão de uma vida vazia ou de uma floresta escura são capazes de livrá-los de seus destinos, terão que lutar contra seus próprios medos para alcançarem a paz desejada.

Apesar de não  está familiarizada com um período em que a história ocorre, muito menos com a literatura hot fui completamente conquistada. A história é contada pela visão não só de apenas um personagem e para uma leitura da qual não estava habituada foi um pouco incomodo. 
Também tive a impressão de em alguns momentos ler a mesma cena em visões diferentes o que deixou a dinâmica cansativa já que o real interesse era o que aconteceria posteriormente.

Enfim, vale muito a pena descobrir os encantos de Montanha da Lua e se apaixonar por um romance mágico.

Beijos, Milla Almeida.

Um comentário:

  1. Obrigada pela divulgação flor e pela resenha honesta. Como disse no skoob, os capítulos repetidos foram escritos a pedidos dos leitores, por isso que eles existem.
    Beijão, Mari Scotti

    ResponderExcluir